sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Dica do dia!

Até quando você vai ficar ai, esperando as coisas acontecerem? O tempo não volta, não para e não vai esperar por você. Tome atitude, corra atrás, faça seu destino, defina seu futuro, busque felicidade! :)

quinta-feira, 27 de outubro de 2011


Ah, menino…Se tu soubesse o quanto gosto desse teu sorriso, desse teu jeito bobo e da maneira como me faz sorrir. Se tu soubesse que conto as horas para poder te ver novamente, sentir tua mãos nas minhas e olhar-te enquanto me contas sobre teu dia. Ah, menino, você é a causa do aceleramento de meu coração. Você é tudo aquilo que eu sempre quis, só que muito melhor, muito mais real.”

sexta-feira, 21 de outubro de 2011


Tem gente que vai, tem gente que fica. Tem gente que vai e logo volta. Tem gente que só promete e tem gente que simplesmente faz. Tem gente que causa risadas de dar dor no estômago e tem gente que causa lágrimas de inchar os olhos. Tem gente que faz um bem danado e tem gente que só sabe encher o saco. Tem gente que se importa de verdade e tem gente que finge se importar. Tem gente que te levanta e tem gente que te derruba. Tem gente que você aprende a conviver e tem gente que você é obrigado a esquecer.

Irritada novamente com a infantilidade de alguns .. porque cada um não faz o seu e vai ser feliz ? mania de vigiar o do outro... eu hein! Se você me deseja o zero, eu te desejo o cem... Cada um colhe o que planta e eu quero plantar o bem :)

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Eu vou deixar pra lá, fingir que esqueci, agir como se não importasse. O que é verdadeiro, volta e quem tem que ficar, fica! #dica.

:}

Acho que ninguém está apto a julgar a forma que os outros encontram a felicidade. Tem gente que é feliz saindo todo dia e enchendo a cara com os amigos, tem gente que é feliz ficando em casa vendo filme..Tem pessoas que são mais felizes sozinhas... Acho que é tão complicado conseguir ser feliz, que quando a gente consegue, nada mais importa :]

Sou do tipo de pessoa incapaz de dizer "Então vá". Sou mais o tipo que se cala diante da dor, ou implora para que a pessoa fique. Fico pasma com a facilidade que destruo meu orgulho em nome do amor (ou necessidade, ou dependência, ou vício) que eu sinto pelo outro.
Acredito que meu namoro tem dado muito certo pelo fato de eu não me sacrifcar tanto. Por eu não precisar mudar tanto...Mas é claro que alguma coisa a gente sempre sacrifica. Alguma coisa a gente sempre muda.
Mas nada é pior do que se sentir um lixo por ter cometido alguns erros sem a intenção.
Parece-me que é mais fácil crucificar alguém pelos seus erros do que, pacientemente, mostrar que ela errou, mas pode consertar as coisas. E eu pratico muito a Empatia. Nada tão puro e tão necessário quanto saber se por no lugar do outro! (:
Mas não te procuro mais, nem corro atrás. Deixo-te livre para sentir minha falta, se é que faço falta… Tens meu número, na verdade, meu coração, então se sentir vontade de falar comigo ou me ver, me procura você!

Caio Fernando Abreu. s2

Eu tenho um anjo. Agora talvez ele tenha asas. Não mora comigo mas sempre me visita. Mora longe? Perto? Não faço ideia. Não consigo mais tocar, muito menos ver. Mas eu sinto. Sinto todos os dias. Em todas as dúvidas, problemas e alegrias. Eu vejo um toque desse anjo. Eu me sinto protegida. Me sinto feliz. Esse anjo veio e se foi com essa intenção. Esse anjo é muito bom no que faz. Eu posso dar o meu máximo e nunca vou chegar perto do que ele me transmite. Não sabia que caberia tantas coisas boas nele. Nessas voltas da vida talvez eu o encontre novamente, consiga abraçar mais uma vez e ter mais alguns minutinhos ou talvez uma vida inteira ao seu lado. Eu espero. Hoje a saudade resolveu me visitar e com ela a lembrança desse anjo. A certeza de que ele está num lugar melhor e a certeza de que esse anjo continua a me proteger não é suficiente. Eu queria poder dividir mais um momento. Queria poder passar mais uma tarde em sua casa, pedir um sanduíche na chapa, assistir “vale a pena ver de novo”, sorrir sem ter motivo ou até pedir uma massagem no pé. Nunca recusava um pedido meu, ele era o melhor em tudo. Algumas brigas ou discussões eram normais, meu anjo nunca foi perfeito e eu muito menos. Mas era o melhor pra mim. E hoje escrevo com a saudade transbordando em mim. Escrevo e espero que esse anjo saiba que é pra ele todo esse meu sentimento. Rezo, rezo muito.. queria poder livrá-lo de todas as coisas ruins. Mas eu só posso pedir que alguem mais próximo faça isso por mim. E é assim que eu termino, sem mais palavras. Apenas com a saudade e a certeza de que um dia a gente se encontre lá na frente.

Sei lá. Fico nesse meio termo. Nesse ir e vir. Penso demais em você, mas não é suficiente. Onde foi que te larguei? No meio dessa cidade, que horas você começou a ficar confusa? Perde-se a noção do que é ontem e hoje, perdem-se as memórias que costumavam nos acalmar. Então, onde foi parar nosso bom senso? Não quero mais ficar parada. Corri tanto por você, que passei na sua frente. Eu tropecei tanto para você me notar, que outra pessoa acabou me encontrando mas ah .. poderia ter dado certo.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

E ele surgiu.

Me fez acreditar que não é só em filme que se vê o pôr-do-sol, a lua cheia na madrugada,.. que há belas canções a serem cantadas em manhãs de frio, que as palavras podem não fazer sentido algum, mas podem mexer de alguma forma com você, que olhares e sorrisos mais sinceros podem existir, […]

Nova Mensagem.

Essas duas simples e lindas palavras. 
“Lindas? Porque lindas? Não vejo nada lindo.”
Quem não sabe o que acontece quando elas invadem o teu celular, definitivamente não vive nesse planeta. Sabe…eu costumo dizer que é umas das melhores sensações que podemos nos deliciar. Primeiro, o tum tum tum saltando do peito, de tão acelerado, os olhos arregalados, os músculos contraídos e a ansiedade de apertar o botão. Logo depois, surge aquelas famosas borboletinhas, que invadem tua barriga. Daí, os músculos que antes pareciam tensos, relaxam, acompanhados de suspiros infinitos que mal cabem dentro da gente, porém deliciosos, tãão deliciosos.
AAAAAAhhhhhhhh…O mundo roda mais devagar, o piscar dos olhos fica lento, tudo parece bobo. Eu diria que é mágico. E a forma como você agarra o travesseiro? Ah, meus mil e um travesseiros que já foram esmagados, muitíssimo obrigada.
Então, toda vez, que aquelas duas simples e lindas palavras aparecerem no seu celular, isso quando se trata “DA mensagem ( !!! ) e não de “uma mensagem (Zzzzz)”, esteja preparado pra essa explosão de magia.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Não choro minhas perdas, nem temo a inveja e o olho gordo que me rodeiam! (: *

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Incrível.



Essa é a palavra chave de hoje.
Me peguei, como quase sempre, revivendo segundos daquele ano. Incrível e tão estranho, ao mesmo tempo. Tentava entender quão devagar tudo acontecia, como tudo virava câmera lenta quando, naquele canto, éramos apenas, nós. Resposta nunca obtive, talvez, por um segundo eu quase chegava na ideia clara de que…E de repente esquecia. Os meus eus já não podia mais encontrar, a não ser, em você. Sozinha nada parecia encaixar. Nada era incrível quando deixava de existir dois em um.
pausa: Incrível o fato de um alguém existir, poder transformar a existência em vida. Não acha?
voltando: O modo automático parecia ligado. Automático o jeito que te vi instalar em mim como parte integrante dos meus eus. Mais automático ainda foi como de repente vi tudo se transformar. Eu já não sei mais falar do final, se é que existe um final. Como me dizem: “nem tudo que acaba, tem um final.” Ainda que, prefiro ficar nas lembranças de tempos bons. De saber que um dia aconteceu.
Sou prova viva de que ele é INCRÍVEL.  - O amor.

terça-feira, 11 de outubro de 2011


É só questão de tempo, o fim do sofrimento. Um brinde pros guerreiros, zé povinho eu só lamento!
... O tempo ruim vai passar, é só uma fase.. E o sofrimento alimenta mais a sua coragem ! :)

Tô me afastando de tudo que me atrasa, me engana, me segura e me retém. Tô me aproximando de tudo que me faz completo, me faz feliz e que me quer bem. Tô aproveitando tudo de bom que essa nossa vida tem. Tô me dedicando de verdade pra agradar um outro alguém. Tô trazendo pra perto de mim quem eu gosto e quem gosta de mim também. Ultimamente eu só tô querendo ver o ‘bom’ que todo mundo tem. Relaxa, respira, se irritar é bom pra quem? Supera, suporta, entenda: isento de problemas eu não conheço ninguém. Queira viver, viver melhor, viver sorrindo e até os cem. Tô feliz, to despreocupado, com a vida eu to de bem!

Não importa o quão longa seja a estrada, e sim o destino que ela te leva!

quinta-feira, 6 de outubro de 2011


Pesos desnecessários causam sempre dores desnecessárias. Esvaziei a mala, olhei no fundo dela, limpei, e estou indo preenchê-la com coisas novas. Sensações novas, situações novas, pessoas novas. Tudo novo.

Caio Fernando de Abreu s2

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Tudo certinho enjoa. A gente precisa de uns erros para equilibrar a vida, e dar uma agitada :} 
É que ele tem uma coisa tão... Dele. Não sei se é o jeito de falar, de agir, de pensar, mas eu fico muito viciada nele. As vezes fica claro quando a pessoa é única. As vezes a gente sente de imediato que devemos mantê-la perto para sempre.
E uma coisa que eu gosto muito de sentir, é a certeza de que qualquer risco vale a pena.
As pessoas nunca vão ser felizes se não aprenderem a correr riscos!

Já é complicado ter que encarar a verdade. Seria um pouco mais fácil se, pelo menos, a pessoa usasse as palavras com mais... Suavidade.
A verdade não é para ser escarrada na cara dos outros. Ela apenas tem que ficar clara; isso não quer dizer que precisa doer tanto. Sem gritos. Sem procurar culpados. Sem cinismo.
 É complicado também ter que se obrigar a aceitar mudanças. As coisas vão mudar, e isso independe da sua vontade. Mas tem coisas que são tão nossas que podem permanecer exatamente como são. Como o amor. A gente pode amar para sempre...
Quando a gente ama, o amor é único. Não se mede. Não se torna maior. Amor é amor. O que aumenta é a necessidade, o vício, a dependência.
Cabelos mudam. Rostos mudam. Gostos mudam. Cenários mudam. Mas o que eu sinto... O que eu sinto continua forte. Continua inalterável.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

E o que ficou pra trás passou e eu não me importei, Foi até melhor, tive que pensar em algo novo que fizesse sentido! :]

domingo, 2 de outubro de 2011


O negócio é se blindar e ser forte. Expor fragilidade é algo arriscado demais. Tenho evitado a todo custo.